Dicas

Manutenção de lancha: qual a importância e o que observar?

Escrito por Social Boats

Navegar, tanto pelos mares quanto pelos rios, é uma das experiência mais gratificantes para as almas aventureiras! Mas você, marinheiro, sabe cuidar bem do seu barco?

Se alguma vez você já pensou em deixar o barco parado para evitar problemas e economizar, saiba que é aí que mora o perigo: assim como os carros, as embarcações precisam de um mínimo de funcionamento para que o motor trabalhe corretamente.

Essa é apenas uma das instruções para as quais você precisa se atentar quando o assunto é a manutenção de lancha.

Para lhe ajudar, separamos aqui os principais pontos para ficar de olho e cuidar bem da sua embarcação. Confira!

A importância e os benefícios da manutenção de lancha

A promessa de passeios inusitados em alto mar pelo Brasil já é o suficiente para lhe deixar com frio na barriga e com aquela ansiedade gostosa para comprar uma lancha? Ótimo!

Mas não se esqueça de colocar na conta a despesa com a manutenção da embarcação, que deve ser feita periodicamente, com ou sem o uso do barco.

Para lazer ou trabalho, a lancha vai precisar de cuidados especiais com regularidade para não haver danos maiores e nem comprometer a sua segurança quando for usá-la.

Desgaste do barco, ferrugem, motor, as peças e seu tempo de uso são alguns dos itens que mais exigem atenção, já que manter o bom funcionamento das peças do barco pode garantir mais segurança ao seu passeio.

Além disso, a manutenção de lancha preventiva é simples de ser executada e pode permitir o aumento da vida útil da embarcação.

Agora que você já sabe da importância da revisão constante do seu barco, dê uma olhada nessas dicas!

Dicas de manutenção

Ligue o motor periodicamente

Essa ideia vale ser reforçada. Acione o motor pelo menos de 15 em 15 dias e faça a revisão a cada seis meses. Para não deixar o barco parado por muito tempo, alugá-lo pode ser uma boa opção!

Cheque todo o sistema elétrico

Dê atenção às luzes de navegação, bombas de porão, bateria e verifique se as velas e os filtros precisam ser limpos ou trocados.

Dê manutenção no casco

De tempos em tempos você vai precisar dar polimento e pintura no casco para evitar que a água o danifique, principalmente se a lancha fica guardada em vaga molhada.

Use tinturas próprias para embarcações, que são mais resistentes à exposição ao sol e ao mar.

Analise as hélices

Observe se as pás estão tortas, desgastadas ou amassadas. Com o tempo, é normal que elas se deteriorem e precisem de substituição.

Lubrifique os cabos de comando

Após alguns meses de uso, lubrifique os cabos do motor e do volante para evitar que eles emperrem. Assim você poderá fazer manobras mais facilmente e com mais conforto.

Drene todo o combustível

Lembre-se sempre de fazer o adoçamento do motor quando voltar do passeio, para evitar entupimentos ou qualquer mau funcionamento.

No geral, o combustível perde a validade após três meses e pode danificar o motor por soltar uma espécie de borra. Atente-se também aos outros fluidos, como água e óleo.

Verifique os equipamentos de segurança

Dê uma olhada no extintor, nas boias, nos foguetes e sinalizadores para se certificar de que estão em boas condições e dentro do prazo de validade.

Observe a âncora

Cheque o estado das soldas da âncora, sua corrente e o mecanismo de recolhimento a cada 15 dias, no mínimo.

Confira o anodo

Essa é uma das menores e mais importantes peças de qualquer embarcação, uma vez que sua função é corroer no lugar dos outros mecanismos, como o motor.

Certifique se o anodo ainda está em condições de ser usado e troque-o pelo menos uma vez por ano.

Dicas de limpeza e conservação

Limpe o barco todas as vezes que usar

Costumam ficar agarradas ao casco cracas, lodo e espécies marinhas que podem causar perda da velocidade e outros estragos com o tempo. Retire todas as impurezas com uma espátula, tomando cuidado para não arranhar o casco.

Tenha cautela com o interior

É importante manter a parte interna do barco sempre limpa e arejada, principalmente se houver carpetes e estofados que possam acumular mofo. Permita que os acolchoados tomem sol de tempos em tempos.

Atente-se ao produto de limpeza

Prefira usar detergente biodegradável ou sabão neutro. Evite a utilização de sabão em pó, que pode causar manchas irreversíveis e danificar a embarcação.

Finalize a lavagem com uma cera de polimento especial para uso náutico, para dar brilho e auxiliar na proteção do casco.

Mantenha o porão sempre seco

O compartimento costuma ser ignorado pelos marinheiros na hora da limpeza, o que pode acarretar em uma infestação de baratas! Para evitar surpresas como essa, mantenha o cômodo dedetizado e limpo.

Use capa de proteção

Dê preferência àquelas produzidas com tecido especial que bloqueia os raios do sol.

Capas são importantes por evitar a retenção de líquido no interior do barco, além de prevenir contra estragos externos.

Leia as instruções do manual

Nem todos os elementos do barco são à prova d’água, não é mesmo? Consulte o manual do fabricante para não estragar nenhum item durante a limpeza.

Cuidados especiais com o gelcoat

Você sabe o que é gelcoat e qual é a sua importância para uma embarcação?

O gelcoat é uma espécie de esmalte especial para barcos que impermeabiliza e protege o casco da osmose, processo em que a fibra do barco absorve a água e acaba comprometendo a segurança e a rigidez da embarcação.

Com o tempo, é normal que a substância se desgaste e apresente rachaduras e descascados conhecidos como “pés-de-galinha”.

Para restaurá-lo, você pode usar tintas à base de epóxi ou polipropileno e aplicar uma nova camada da substância.

Ao limpar o casco da lancha, evite usar esponjas ou palhas de aço. Elas arranham o gelcoat e deixam resíduos que podem causar manchas de ferrugem.

Já para tratar de arranhões profundos (que ultrapassem o gelcoat) e bolinhas de osmose, você deverá procurar ajuda de profissionais especializados ou do próprio fabricante.

Agora que você já sabe como dar manutenção de lancha corretamente, é só seguir essas dicas e ter seu barco funcionando como novo por muito mais tempo!

Compartilhe o post com seus amigos nas redes sociais e mostre que você é um marinheiro nato!

Sobre o autor

Social Boats

Deixar comentário.

Share This